A Escola da Reconquista

Ação de parceria entre a Piseagrama e a Editora Teia dos Povos

*

A escola da reconquista reúne as memórias e as reflexões de Mestra Mayá em torno da luta travada junto ao seu povo para retornar ao território de seus ancestrais, lugar onde nasceu e de onde foi expulsa em sua infância. Ela esteve em cada uma das 396 áreas retomadas pelos indígenas entre 1982 e 2012. Os 54 mil hectares do território Caramuru Catarina Paraguassu, no sul da Bahia, estão hoje reconhecidos e demarcados. Entre as lembranças dos massacres que arrancaram seu povo da terra, emerge a voz de dona Maria. Em suas palavras e cantos, ganham contornos o sonho de sua mãe, retratada na capa do livro, e os sonhos de seus alunos – crianças, jovens e velhos que passaram por suas mãos num sem fim de escolas itinerantes feitas e refeitas durante o processo de luta. Escutar os sonhos de quem veio antes, ouvir os Encantados e aprender com os povos em luta são os atos que fundam e sustentam sua prática pedagógica. Ao contar a trajetória de como transformou-se em professora andarilha, dona Maria oferece palavras que fazem ecoar um modo de lutar e viver junto à terra. Este livro, como ela mesma afirma ainda na introdução, é a prova de que “tem o índio ainda contando a história do que quer, como quer caminhar, como quer viver. Como quer estar nesse Brasil frustrado, arrasado. A gente ainda está aí”. 

Organização: Rosângela Pereira de Tugny; Prefácio: Joelson Ferreira e Solange Brito.

168 pp. e 24 canções em áudio

Em estoque

R$ 48,00

REF: TEIA02 Categoria: